A comunidade do coworking é formada por pessoas que podem fornecer “sol, chuva e adubo” suficiente para suas idéias crescerem e florescerem. No entanto, assim como você não pode simplesmente atirar um saco de sementes na terra e espera obter um jardim, você não pode sentar-se silenciosamente em sua cadeira e esperar que a comunidade o alimente.

  • Admita que você precisa de ajuda!

A maioria das comunidades de coworking já existentes é composta por pessoas muito talentosas, organizadas e surpreendentes. A riqueza mental que o espaço tem é imensa e sendo tímido e acanhado você pode não usufruir de todo este conhecimento.

  • Pergunte em que as pessoas estão trabalhando!

Gostoso respirar o ar fresco da segunda-feira de manhã e ainda mais com a caixa de e-mail cheia de trabalho a fazer! Mas não há nada mais desgostoso no espaço de coworking do que não haver o networking, a conversa, o cafézinho da manhã. Não que ser curioso irá fazer seu dia diferente ou atrapalhar o do outro, mas pode surgir ai, quem sabe, uma parceria num novo projeto!

  • Seja o mais simples possível!

Não se pode falar sobre coworking sem relacioná-lo com trabalho afinal, este novo modelo de trabalho foi criado para você ser mais produtivo. Entretanto, não existe uma regra dizendo que você tem que colocar seus fones de ouvido ( e muitas vezes sem NADA tocando .. hehehe ), e ficar ali, sozinho, vidrado no trabalho. Dê uma olhada ao redor, veja as pessoas, procure saber do que estão rindo, assista aquele vídeo engraçado no YouTube, vimeo, whatever, afinal todos nós precisamos de uma pausa.

Falando nisso, que tal umas boas risadas agora? Boralá? ;D

E por você? Quais alternativas achas que poderiam ajudar a melhorar seu desempenho e de seus colegas?

Anúncios